O ser humano foi criado para ser feliz, embora frente às novas criações, a cultura contemporânea sinta, apesar das belezas da tecnologia, um desconforto frente à vida, manifestado pelo mundo e a insegurança. O desenvolvimento atual segue uma linha onde a predominância do mesmo está alicerçada no relativismo.  A cultura atual precisa rever valores que no decurso da história foram se ofuscando, dado o entusiasmo pelos novos inventos. Precisamos colocar os pés no chão. Não existe economia ou desenvolvimento que cresça infinitamente. Esse é o papo da Espiritualidade no Mundo dos Negócios, ou seja, ser sempre uma luz que alerta a tudo o que é passageiro e factível.

ECONOMIA E ESPIRITUALIDADE - REFORMANDO O MUNDO DOS NEGÓCIOS

R$ 38,50Preço